top of page

Blue Day reúne crianças autistas no Centro da Juventude no domingo

A 2ª edição do evento acontece das 8h às 12h na zona sul de São José dos Campos



São José dos Campos realiza no próximo domingo (23), o 2° Blue Day, para crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) e seus familiares no Centro da Juventude, na região sul. O evento é realizado pela Ação Autismo, SOS Autismo SJC, Onda e Luz Azul em comemoração ao Mês das Crianças e conta com apoio da Pilares Relações Públicas. As atividades terão início às 8h e serão gratuitas.


A programação do evento está recheada de atrações como brinquedos infláveis como escorregador, atividades recreativas, brincadeiras de antigamente como amarelinha, apresentação de palhaços, presença de cosplayers com personagens do filme Star Wars e muita diversão com o Batman.


O 2° Blue Day também conta com apoio da comunidade, familiares de crianças autistas, Prefeitura de São José dos Campos, que cedeu o espaço para a realização da festa, Grêmio Recreativo da Guarda Civil Municipal, Centro do Autismo, Interclínicas, Legado e Primestone.

“Pensamos num dia especial voltado para os autistas e seus familiares, que também são bem-vindos, pois será uma maneira bem divertida de se fazer a inclusão entre essas famílias, o que muitas vezes não acontece. Além das atrações infantis, teremos ainda um cantinho dedicado para fotos, entrega de pipoca e algodão doce”, disse o técnico em química Willians Pereira da Silva, do SOS Autismo.


Willians e sua esposa Érica não tinham conhecimento sobre o autismo até a chegada do primogênito Rubens, hoje com 14 anos. O diagnóstico veio com 1 ano e 3 meses de idade e com isso os pais viram a necessidade de buscar políticas públicas de inclusão nas áreas da saúde, educação e social. “A partir daí começamos a nos organizar em busca de apoio para que a causa ganhasse espaço na mídia e assim ser vista pelo poder público de nossa cidade. Não foi nada fácil, mas seguimos firmes na caminhada”, contou.


O Transtorno do Espectro Autista é um distúrbio de desenvolvimento e o diagnóstico é clínico. Entre os sintomas estão os déficits persistentes em comunicação e interação social, padrões repetitivos e interesses restritos de comportamento e atividades, que limitam a funcionalidade social e emocional.


“Tenho um filho com TEA de 23 anos e sempre organizei e promovi eventos porque tenho como missão de vida lutar para que nossos anjos azuis sejam vistos e tratados com todo carinho, respeito e dignidade. Promover o 2° Blue Day é uma forma de expressar isso, pois será um dia cheio de alegria e diversão, onde todos serão bem-vindos, sem nenhuma distinção”, disse Cláudia Guedes, do Ação Autismo.

0 comentário

Comments


bottom of page