top of page

Dezembro Laranja chama atenção para conscientização sobre o Câncer de Pele


Mês é dedicado a conscientização e orientação ao câncer de pele


O mês de dezembro é marcado por uma campanha de grande importância para a saúde pública. Dezembro Laranja é dedicado à conscientização sobre o câncer de pele. A iniciativa visa alertar a população sobre os riscos da exposição solar inadequada e promover a prevenção, diagnóstico precoce e tratamento eficaz dessa enfermidade que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. 


Dados atuais revelam que o câncer de pele é o tipo mais comum da doença no Brasil, representando cerca de 30% de todos os casos registrados. O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que, em 2023, mais de 180 mil novos casos serão diagnosticados. A exposição excessiva à radiação ultravioleta (UV), seja pela luz solar ou câmaras de bronzeamento artificial, é o principal fator de risco. 


A médico dermatologista da Ativia Saúde, Laura Vilela Figueiredo Barbosa, explica que a prevenção ao câncer de pele é um ato de cuidado consigo mesmo. “Proteja-se do sol, conheça sua pele e, se notar qualquer alteração, não hesite em buscar orientação médica. A prevenção é o melhor caminho para uma vida saudável”, explica a médica. 


Neste mês, a Campanha Dezembro Laranja é uma oportunidade para a sociedade refletir sobre seus hábitos de exposição ao sol e adotar práticas saudáveis para a prevenção do câncer de pele. “A conscientização é a chave para reduzir a incidência da doença e garantir uma vida mais saudável e protegida para todos”, reforça a dermatologista. 


O câncer de pele doença tem como principal fator de risco a exposição aos raios UV do sol, especialmente entre as 10h e 16h. Tende afetar mais adultos acima dos 40 anos e de etnia branca. Em outras etnias, como pardos e negros, pode-se surgir nas partes claras, como palmas, solas e lábios, porém, é mais raro. 


Quando detectado precocemente, tem altas chances de cura. Seus principais sinais clínicos são manchas na pele, que coçam, ardem ou sangram, feridas que não cicatrizam em até quatro semanas (não-melanoma), pintas de formas anormais, descamação e coceira (melanoma). 

 

Dicas e orientações

A dermatologista destaca a importância do cuidado contínuo com a pele. “A exposição solar sem proteção é um fator significativo no desenvolvimento do câncer de pele.


Reaplique o protetor solar a cada duas horas e após nadar ou suar. Evite a exposição ao sol intensa entre 10h e 16h. Fique atento a manchas, pintas ou lesões na pele. E, consulte um dermatologista se notar alterações, como mudanças na cor, forma ou tamanho”, orienta Laura Vilela Figueiredo Barbosa. 


Sobre a Atívia Saúde

Com corpo clínico formado por profissionais especializados e atualizados, a Ativia é uma empresa conceituada e comprometida com a saúde e o bem-estar de seus clientes. Há mais de 30 anos no mercado, a empresa conta com uma rede de mais de 600 profissionais da saúde, além de mais de 22 hospitais credenciados no Vale do Paraíba e Litoral Norte. 

Para mais informações, acesse www.ativia.com.br ou entre em contato pelo telefone (12) 3954-3954.  

0 comentário

コメント


bottom of page