top of page

Empresa faz doação de meias e cuecas para o GAIA e GAPC

Instituições receberam 600 pares de meias e 200 cuecas durante ação social em São José dos Campos


O Natal está chegando e um clima de solidariedade vai tomando conta das pessoas. Imersa nessa atmosfera de harmonia, a CompraMais, empresa especializada em moda íntima no marketplace e varejo, entregou 600 pares de meias e 200 cuecas para o GAPC (Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer) e o GAIA (Grupo de Apoio ao Indivíduo Autista), em São José dos Campos.


Não faltaram sorrisos, abraços e agradecimentos durante a ação solidária nas duas instituições referências nas áreas da saúde e assistencialismo. A iniciativa foi idealizada pelo empresário Guilherme Quindici, CEO do Grupo CompraMais, e contou com o apoio de dezenas de colaboradores.


“É papel dos empresários contribuir para uma sociedade mais justa, ajudar quem precisa e estar presente no dia a dia dessas comunidades. E nós, da CompraMais, fazemos questão de participar de ações sociais. Estamos muito contentes em por poder contribuir com essas duas instituições, que acompanhamos o trabalho junto à sociedade”, disse Guilherme.


E se a solidariedade está no DNA da CompraMais, imagina na história dessas instituições. O GAPC, por exemplo, é uma entidade sem fins lucrativos que sobrevive unicamente da doação de particulares e empresas, auxiliando pacientes com câncer por meio do fornecimento de medicamentos, suplementos alimentares, próteses mamárias, curativos, perucas, fraldas geriátricas, cestas básicas, atendimentos com assistente social, psicólogo, advogado, fisioterapeuta, nutricionista, além de disponibilizar terapias alternativas, oficinas de artesanato, entre outras atividades.


“Ficamos felizes em abrir as portas para receber essas doações. O nosso trabalho tem se fortalecido cada vez mais com o apoio da comunidade. Temos mais de 3 mil pacientes cadastrados e atendemos outras 18 cidades vizinhas de São José”, disse a assistente social do GAPC, Glauce Alvarenga Aguiar Toledo.


GAIA

O Grupo de Apoio ao Indivíduo com Autismo, mais conhecido como o GAIA, é uma associação civil, pessoa jurídica de direito privado de fins não lucrativos, fundada por pais, como resposta à exclusão social sofrida pelas pessoas que são acometidas de uma alteração no processo de desenvolvimento humano, classificadas como apresentando TEA (Transtorno do Espectro do Autismo), no qual se inclui o autismo e outros processos patológicos relacionados.


“O GAIA está de portas abertas para receber visitas, doações e profissionais que queiram contribuir com o trabalho diário com os atendidos. Uma simples visita já é um estímulo para nossos ânimos. Hoje, atendemos cerca de 150 pessoas, e mudaremos nossa sede para o Urbanova em janeiro”, disse a assistente social da instituição, Nilza Gatto.


O novo local possui área total de 8 mil metros quadrados, sendo 4 mil de área construída e os outros 4 mil metros quadrados de estacionamento coberto. O prédio abrigará as futuras instalações dos projetos e capacitações do GAIA, nas áreas de assistência social, clínica, educacional, esportiva, cultural e empregabilidade.


0 comentário

Comments


bottom of page