Entenda a importância de construir uma reserva de emergência

Para montar a reserva é importante observar as aplicações com alta liquidez e baixa volatilidade, diz especialista


Em tempos de recesso econômico provocado por diversos fatores como a pandemia do Coronavírus, a guerra da Rússia, as incertezas da economia brasileira e das eleições previstas para outubro deste ano, é comum os brasileiros não estarem preparados para emergências financeiras e imprevistos em que o dinheiro faz toda diferença.


Se engana quem pensa que para montar uma reserva de emergência ou reserva financeira, como também é conhecida, é necessário ter muito dinheiro ou vender algum patrimônio. Pelo contrário, o que precisa ter é um bom planejamento com anotações de todos os gastos e ganhos do mês para identificar o fluxo de saída das finanças.


Destinar parte do dinheiro para esse fim é importante para os imprevistos e evita o comprometimento do orçamento da família, empresa ou investidor. O primeiro passo para quem busca ter mais segurança no futuro é organizar as contas. Essa regra vale para todo e qualquer investidor, desde o mais conservador até o mais agressivo, segundo Paulo Saad, sócio da WFlow, empresa especializada em assessoria de investimentos credenciada à XP.


O segundo passo é garantir que o dinheiro possa ser usado em emergências, e somente depois buscar outros investimentos atrás de mais rentabilidade e diversificação. A partir do momento que você formar essa reserva vai perceber que estará preparado para qualquer imprevisto ou dar os primeiros passos para o mundo de investimentos.


Paulo explicou que o valor destinado para esse modelo de aplicação deve ser suficiente para manter o padrão de vida de seis meses até um ano. Por isso, é essencial avaliar o custo de vida antes de começar a construir o fundo emergencial. “Para montar a reserva é importante observar as aplicações com alta liquidez e baixa volatilidade. Entre as opções de investimentos para começar essa reserva estão o Tesouro Direto Selic, fundos de investimento com prazos curtos para resgate e CDB com liquidez diária, que renda no mínimo 100% do CDI”, afirmou.

0 comentário